14/07/2012

Reflexão...

"O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta".     I Co 13. 4-7.


Paz e Luz em seu coração!

Um comentário:

Multiolhares disse...

A carta de penso ser Paulo que escreveu aos corintios a falar do amor, é das coisas mais lindas que já li
beijinhos